Review: The Witch's Familiar.

13:38 luvdoctorwho 0 Comments


"Eu não tenho certeza se nada disso importa, amigos, inimigos, contanto que exista misericórdia. Misericórdia, sempre."

Eis que foi ao ar mais uma obra de Steven Moffat que terminou ganhando o público completamente e mostrando que se o Doctor de Peter Capaldi não havia te conquistado até agora, bom, você não sabe de nada.


Depois de The Magician's Apprentice ter nos deixado com um gancho furado - ninguém realmente acreditou que a Clara, Missy e a Tardis haviam morrido né? - The Witche's Familiar chega quase que ignorando completamente o plot do episódio anterior e como uma brisa de ar fresco para amenizar todo o drama do "abandonei uma criança inocente pra morrer."


No review de The Magician's Apprentice nós apontamos o fato de Moffat não ter dado uma explicação para a Missy ter sobrevivido no final da 8° temporada e de verdade, isso não me incomodou na premiere, nem um pouco, porém agora, Missy explica à Clara como elas sobreviveram e a mesma acaba entendendo como a rainha da série sobreviveu da primeira vez. Algumas várias palavras, muita enrolação, Manipulador de Vórtex - que estava bem na cara também -, o Doctor sendo perseguido por androides assassinos que estavam programados para matá-lo, um ninho de macacos vampiros - essa história precisa ser contada - e rapidamente temos uma explicação do por que elas não estão mortas. Por um lado a rápida resolução e a saída fácil realmente me incomodaram, por outro esse foi Steven Moffat nos dizendo, ei ele é o Doctor caramba, ele faz coisas e coisas acontecem, e você é inteligente o suficiente pra ver isso sem precisar que esfreguem na sua cara. 


Aliás, durante o episódio, temos vários momentos: 'Como ele fez isso. Como fez aquilo'. No primeiro diálogo da Missy com a Clara fica bem claro: "Como ele escapou? Vamos lá, você conhece o Doctor." E é claro que nós conhecemos, a resposta estava ali o tempo todo e todo mundo percebeu. Claramente Steven Moffat usando os personagens pra te dizer, é, pra você mesmo, que precisa de resposta pra tudo. Outro exemplo claro foi quando o Doctor estava no Trono/Cadeira do Davros e os Daleks perguntam como ele conseguiu o chá e ele diz que não importa, por que ele é o Doctor. Steven Moffat passando a sua mensagem: Você não precisa de resposta para tudo, e pronto. 




O Doctor do Capaldão, que passou por uma oitava temporada difícil de engolir, estava precisando de um roteiro a sua altura e caramba, a sequência de TMA/TWF foi exatamente isso não foi? Um roteiro que deu a possibilidade dele mostrar o quão maravilhoso ator ele é. Ele destronou Davros, enganou os Daleks, nos enganou e foi incrível. É sempre bom lembrar que é muito difícil dosar o nível de comédia e drama que uma cena precisa e Peter Capaldi tem essa medida. Durante a cena em que ele está na "cadeira" de Davros e ele começa a perguntar quem vai ter a coragem de dizer a ele que a Clara está morta é um ótimo exemplo.

O drama se desenvolveu com o Doctor e Davros como nunca vistos antes. Dois inimigos com histórias para contar. Nós falamos sobre isso também no outro review. Tinha toda aquela sensação de que os dois compartilhavam das mesmas experiências e o Moffat foi muito esperto em colocar isso na tela. Davros estava tentando salvar o seu povo, do mesmo jeito que o Doctor tentou fazer com Gallifrey, por que isso era tão errado? Com clareza percebíamos que eles estavam um enganando o outro, mas a sensação de empatia era verdadeira e ficava clara durante os longos diálogos.



Se o tema do episódio anterior foi salvar ou não uma criança, nesse episódio tudo girou em torno da compaixão. Davros disse: "Cresce forte e destemida dentro de você, como um câncer. E vai te matar no final." Ele diz ser uma fraqueza, mas o Doctor conclui que na verdade é o que lhe dá força.

Quando todos achavam que não veríamos mais o jovem Davros, ele está de volta para fechar bem o episódio com o Doctor escolhendo lhe mostrar Misericórdia e interferindo na criação dos Daleks.


Pontos importantes:


- RIPSonicScrewdriver: Será mesmo que a Sonic do 12th vai ser o óculos, só eu espero que não?

- Steven Moffat deixou o destino da Missy em aberto. Nós sabemos que ela volta, mas é interessante o jeito que o Moffat mostra as coisas.
- Moffat explicou o Dalek implorando misericórdia a River em The Big Bang, amamos.
- Clara assumindo que eles iriam vencer foi lindo não foi? Doctor Who sempre tem um jeito de tocar o público e dessa vez a mensagem foi "Assuma que você vai vencer e trabalhe pra isso."
- Missy teve/tem uma filha. 
- O primeiro encontro de Missy com Davros. 
- Em Skaro só tem duas cadeiras. É genial o humor do Moffat. 

Você pode conferir o Podcat do nosso site parceiro falando também sobre The Witch's Familiar clicando aqui.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

O seu comentário faz diferença!